Desporto

“Não fomos ouvidos”, queixa-se Famalicão sobre jogo com o Sporting

Presidente do Famalicão diz ter “esbarrado no que são os regulamentos”.

Jorge Silva, presidente do Famalicão, expressou, esta quinta-feira, desagrado com a forma como se procedeu à marcação do encontro com o Sporting, para a quarta eliminatória da Taça de Portugal.

“Não fomos ouvidos na marcação do jogo mas expusemos à Federação Portuguesa de Futebol a nossa total discordância com a data proposta. Esbarramos no que são os regulamentos mas ninguém nos tira a vontade de estar em Lisboa com a ‘Raça e Paixão’ que os sócios e adeptos do Famalicão demonstram sempre que a nossa equipa joga”, afirmou, numa nota publicada no site oficial.

O encontro, recorde-se, está agendado para as 20h30 do próximo 16 de novembro, no estádio de Alvalade, seis dias antes dos leões receberem o Olympiacos para a quinta jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões.

Ainda assim, o Famalicão promete uma viagem de comboio “histórica e repleta de grandes memórias” para os adeptos que decidam acompanhar a equipa em Lisboa.

[NAM, CARLOS PEREIRA FERNANDES]

Deixe uma resposta