Tech

Ministro nega mito dos novos “diesel mais limpos”

Nova derrota para os que defendiam que as progressivas inovações inseridas nos motores Diesel os tornam essenciais para baixar as emissões de dióxido de carbono, com um ministro alemão a referir que isso não se confirma.

A Alemanha é dos países onde tem vindo a existir uma defesa mais acérrima dos Diesel, até pela importância que estas motorizações têm nos fabricantes locais. No entanto, até nesta nação começa a ser cada vez mais frequente a crítica a estes propulsores, o que voltou agora a acontecer através do Ministro dos Transportes locais.

Para demonstrar que não existe efetivamente um ganho ambiental mesmo com os novos Diesel “mais limpos”, este membro do executivo recordou que no último ano a média das emissões dos motores a gasóleo foi de 128g/km de CO2, contra as 129 g/km dos blocos a gasolina.[…]

[jn.pt]

Deixe uma resposta