Economia

Recapitalização do BCP “é importante passo”, diz a DBRS

A única agência de notação que classifica a dívida portuguesa como um investimento credível vê com bons olhos o reforço dos níveis de capital do Millennium. Prevê também um regresso aos lucros já este ano.

O ano de 2017 vai ser de solidez e recuperação para o Millennium BCP. Quem o aforma é a DBRS, empresa de rating que divulgou hoje um relatório para comentar o plano de recapitalização anunciado pelo banco português.

Apesar das três sessões de perdas consecutivas na bolsa de Lisboa, o BCP continua a merecer a confiança da agência canadiana, que vê o processo de reforço de capitais como “um importante passo” que “elimina uma das peças chaves da incerteza em torno das perspetivas do BCP para 2017”: o reembolso ao Estado do capital recebido através de obrigações convertíveis (CoCo’s) em 2012.

Ainda assim, a agência de rating lembra que mesmo com as boas notícias, “o BCP continua a apresentar prejuízos nas operações em Portugal”, provocadas pelas “provisões significativas” feitas para compensar os “ativos problemáticos”.

“Em 2017, a DBRS espera que o BCP reporte lucros e continue a aumentar a rentabilidade, principalmente através do menor registo de crédito malparado e dos menores custos de financiamento”, revela a DBRS num comunicado a que o Economia ao Minuto teve acesso.

“As provisões deverão regressar a níveis mais normais com a subida da qualidade dos ativos, mas os custos de risco (do BCP) deverão continuar a ser superiores aos da restante Europa.”
POR BRUNO MOURÃO

Deixe uma resposta