Mundo

Reino Unido marca eleições europeias mas espera que não se realizem

O Reino Unido marcou as eleições para o Parlamento Europeu no dia 23 de maio, esperando não as realizar, três anos depois de ter votado a saída da União Europeia, anunciou hoje um porta-voz governamental.

“Isto respeita a intenção do governo de sair da União Europeia com um acordo e de aprovar a legislação necessária antes de 22 de maio, para que não tenhamos a necessidade de participar” nestas eleições, que seriam então anuladas, especificou o porta-voz.

A primeira-ministra, Theresa May, solicitou um adiamento da saída da União Europeia, o designado Brexit, do atual prazo de 12 de abril para até 30 de junho, para tratar durante este período da ratificação do Acordo de Saída.

No final de março, os dirigentes europeus recusaram um pedido similar de May e ponderam agora oferecer a Londres uma extensão flexível de um ano, que terminaria quando a Câmara dos Comuns aprovar o acordo alcançado em novembro de 2018.

[Lusa]

Deixe uma resposta