Economia Mundo

Reino Unido foi em 2018 o maior investidor estrangeiro em Portugal

Secretário de Estado da Internacionalização afirma que este facto mostra que Portugal está a fazer o trabalho de casa em matéria de captação de investimento estrangeiro.

Portugal tem captado investimento decido à incerteza gerada pelo Brexit. Eurico Brilhante Dias, na Conversa Capital, espaço de entrevista conjunta do Negócios e da Antena 1, revelou que em 2018 o investimento proveniente do Reino Unido atingiu os 900 milhões de euros, superando a Holanda e o Luxemburgo, as praças financeiras que normalmente lideram este ranking.

O secretário de Estado da Internacionalização diz que a estratégia de Portugal não é de “garimpar os despojos do Brexit”, mas acrescenta que Portugal “tem conquistado operações na incerteza que é gerada”.

Apesar deste fenómeno, Eurico Brilhante Dias é cauteloso nas palavras com que o comenta. “O Reino Unido sempre foi um investidor importante em Portugal. Sempre. Antes de ser membro das Comunidades Europeias e será depois, seguramente. Muitas das decisões não passam pelo Reino Unido. Muitas decisões são agentes económicos com operações no Reino Unido, mas que são japoneses, americanos, canadianos, brasileiros, alemães e que dizem: eu tenho a minha operação no Reino Unido, mas neste momento considero que é altura de repensar a forma como estou a criar valor na Europa, e preciso de outra localização”.

A Conversa Capital pode ser lida na edição impressa do Negócios de segunda-feira, dia 4 de Março, ou na edição premium online do jornal.

[Celso Filipe cfilipe@negocios.pt | Rosário Lira Antena 1]

Deixe uma resposta