Desporto

Benfica domina, vence em Alvalade e afasta-se do Sporting

O Benfica venceu hoje o Sporting por 4-2, em jogo da 20.ª jornada da I Liga de futebol, num encontro que dominou quase por completo e que pôs fim a um ciclo de 28 jogos do Sporting sem perder em Alvalade para o campeonato.

Com este triunfo, o Benfica reassume o segundo posto na classificação da liga, com mais um ponto do que o Sporting de Braga e mais oito do que os ‘leões’, que em caso de vitória do FC Porto sobre o Vitória de Guimarães podem ficar a 13 da liderança.

O primeiro golo surgiu para o Benfica, aos 11 minutos, por Seferovic, e as ‘águias’ ampliaram a vantagem ao minuto 36, por João Félix. Ainda no primeiro tempo, Bruno Fernandes reduziu para o Sporting, aos 43, mas logo no recomeço de jogo, aos 46, Rúben Dias colocou a vantagem dos ‘encarnados’ novamente em dois golos, fazendo o 3-1. Aos 73, na marcação de uma grande penalidade, Pizzi fez o 4-1, e Bas Dost, aos 89, também da marca dos 11 metros, fechou o resultado em 4-2.

O Benfica entrou melhor no encontro de Alvalade e, aos quatro minutos, Grimaldo criou o primeiro lance de golo. O lateral arrancou pelo flanco esquerdo, foi até à linha de fundo e assistiu Seferovic, que só não inaugurou o marcador porque Coates cedeu canto.

Era o prenúncio do 1-0 para o Benfica, que chegaria ao minuto 11, com os mesmos protagonistas: Gabriel abriu na esquerda para Grimaldo, o espanhol cruzou certeiro para Seferovic, que desta feita enganou Coates e saltou sozinho para de cabeça inaugurar o marcador.

O Benfica controlava o jogo a meio-campo, pressionava o Sporting na saída de bola e num desses lances João Félix tem um lance genial que acaba com a bola no fundo das redes da baliza leonina. Contudo, Artur Soares Dias consultou o VAR, viu as imagens, e marcou falta do avançado ‘encarnado’ no início do lance.

Contudo, aos 36 minutos, o Benfica chegou mesmo ao 2-0 em mais um lance finalizado por João Félix: Seferovic viu a desmarcação do 79 do Benfica e meteu a bola na frente do jovem português, que com facilidade bateu Renan.

O Sporting estava apático no jogo, mas o segundo golo das ‘águias’ despertou os ‘leões’, que à passagem do minuto 43 reduziram para 2-1, por Bruno Fernandes. Num lance em que apanhou a defesa do Benfica em contrapé, Nani viu Bruno Fernandes desmarcado no flanco oposto e o médio rematou de primeira, forte, sem hipótese de defesa para Vlachodimos.

A segunda parte praticamente arrancou com o 3-1 para o Benfica. Aos 46, num livre batido por Pizzi na direita do ataque, Rúben Dias saltou mais alto do que toda a gente e de cabeça colocou a bola ao ângulo, fazendo o seu primeiro golo neste campeonato.

Aos 56 minutos, Seferovic comemorou o ‘bis’ em Alvalade, mas o lance já estava invalidado por fora de jogo, depois de uma jogada exemplar de contra-ataque das ‘águias’.

Aos 62, num livre exemplar, Raphinha fez a bola raspar no poste da baliza de Vlachodimos, mas a noite em Alvalade era ‘vermelha’ e Pizzi aumentou para 4-1 ao minuto 73, na conversão de uma grande penalidade, por falta sobre João Félix.

O Sporting estava completamente abatido e a cada lance de ataque do Benfica soavam os alarmes. Aos 76, depois de Seferovic atirar ao poste, João Félix falhou um golo feito: com a baliza aberta e Renan no chão, o avançado errou o alvo e atirou para a bancada.

Aos 79, Diaby conseguiu o 4-2 para o Sporting, mas mais uma vez o VAR atuou e cancelou a festa dos adeptos ‘verde e brancos’, o que levou a que muitos abandonassem mais cedo as bancadas de Alvalade.

Aos 89, depois de muito tempo de espera e indecisão de Artur Soares Dias ao consultar o VAR, o Sporting beneficiou também de um pénalti, Vlachodimos foi expulso por derrubar Bas Dost, e o holandês colocou o resultado final em 4-2.

Com esta vitória, o Benfica eleva para sete o número de jogos sem perder na casa dos ‘leões’ e iguala, com 32 vitórias, o número de triunfos do Sporting nos jogos para o campeonato em Alvalade.

[Correio Luso com Lusa]

Deixe uma resposta