Tech

Huawei vai reforçar sistemas de segurança em Portugal para evitar “preocupações”

Subsidiária portuguesa já realizou duas auditorias internas de segurança e diz que casa-mãe vai investir nesta área também em Portugal.

“Estamos dispostos a tomar várias medidas pró-ativas em relação aos temas de segurança para aliviar qualquer motivo de preocupação”. Esta é a resposta da Huawei Portugal para o mercado doméstico relativamente ao clima de desconfiança internacional que se instalou – depois de os equipamentos de rede 5G da tecnológica chinesa terem sido bloqueados em países como os EUA e Austrália por alegada falta de segurança e ligação ao governo chinês.

Tony Li, diretor executivo da Huawei Technologies Portugal, em respostas por email ao Dinheiro Vivo/Insider, disse estar disponível para “comunicar com cada regulador para compreender a sua preocupação”.

“Temos vários precedentes bem-sucedidos em vários países, incluindo o Reino Unido, Canadá, Alemanha e até a França. Portugal não é exceção, comunicamos ativamente com as autoridades reguladoras e iremos tomar algumas medidas cooperativas de acordo com as necessidades de regulação local”, explicou.

Sobre a relação com os principais operadores de telecomunicações, o executivo da Huawei em Portugal diz que a empresa tem “trabalhado muito bem com todos os operadores para estabelecer uma relação de confiança mútua”.

Tony Li avança mesmo com uma garantia: “A Huawei não fica à margem e trabalhará com todos os operadores para trazer a tecnologia 5G quanto antes para o país”.

 

[dinheirovivo.pt, Rui Rocha Ferreira]

Deixe uma resposta