Desporto

Clássico aqueceu, mas acabou morno. Leão e Dragão dividem pontos

Sporting interrompe registo vitorioso do FC Porto e as duas equipas perdem pontos na luta pelo título. Leão pode ter-se despedido do título? Confira a análise do jogo grande 17.ª jornada, último jogo da primeira volta.

Sporting e FC Porto protagonizaram, nesta tarde de sábado, um Clássico de alta intensidade mas… sem golos. As duas equipas não foram além de um nulo (0-0), em jogo referente à 17.ª jornada da I Liga. O resultado deixa assim a distância pontual fixada nos oito pontos. Um Clássico é sempre um Clássico e a intensidade faz sempre parte daquilo que acontece dentro das quatro linhas

Resumo do jogo: Sporting e FC Porto entraram em jogo concentrados, ainda que nos primeiros dez minutos o FC Porto tenha estado uns furos acima do rival. Ainda assim, a velocidade azul e branca, aproveitada na qualidade de Brahimi e Corona, nunca conseguiu definir no último passe. Do outro lado, os leões de Keizer apenas começaram a acertar marcações a meio campo aos 15 minutos de jogo e a partir daí o jogo ficou, desde logo, mais equilibrado. Os leões compareceram este sábado mais recuados do que o habitual na era Keizer e era notório a vontade dos blocos estarem muito perto uns dos outros. As equipas não arriscavam muito, optando por tentar explorar o erro adversário.

O FC Porto de Sérgio Conceição também apostava na subida dos laterais, com Danilo a recuar no terreno e a funcionar quase como um terceiro central, ladeado por Éder Militão e Felipe. Por seu turno, Brahimi pisava terrenos mais interiores, ao passo que Corona parecia sempre mais colado à linha. Na primeira parte, e apesar de a intensidade estar sempre nos limites, não houve palco para grandes oportunidades de golo. Exceção feita para um erro de Jefferson que obrigou Renan Ribeiro a sair da baliza para afastar o perigo e o mesmo Jefferson ficou também ligado à jogada que obrigou Iker Casillas a sujar as luvas. Numa altura em que o FC Porto jogava com dez unidades, face à lesão de Maxi, o lateral esquerdo dos leões subiu no terreno, tirou Corona do caminho e deu a bola para o pontapé de Bas Dost. No entanto, o avançado holandês não demonstrou a eficácia habitual e atirou um remate forte mas à figura do guardião do FC Porto.

A segunda parte começou logo com um revés para o Sporting. Bruno Gaspar caiu no relvado com queixas físicas e Marcel Keizer viu-se obrigado a lançar Ristovksi para o lugar do lateral português. Neste segundo tempo, as equipas apareceram mais soltas e com a clara determinação de ir à procura de um golo. Não é por isso de estranhar que, passados dez minutos, Soares quase inaugurou o marcador. Porém Renan Ribeiro foi gigante e evitou aquele que parecia um golo certo. Grande defesa do guardião brasileiro. Mais tarde, foi Marega a estar em evidência. O avançado maliano estava em ótima posição, mas no momento de finalizar a jogada atirou a bola por cima da barra de Renan Ribeiro. O Sporting tentava responder e Bruno Fernandes não se inibiu de testar a meia distância com um remate forte e rasteiro que acabou afastado por Iker Casillas. Os leões pareciam estar com mais dificuldades do que o FC Porto, mas voltaram a ameaçar com Éder Militão a fazer um corte muito perigoso, na sequência de um cruzamento venenoso de Nani, que quase traía Casillas. Ainda assim, e mesmo com mais oportunidades registadas nos segundos 45 minutos, o placard não sofria alterações à medida que o tempo caminhava até ao apito final.

O Sporting parecia estar a sentir o andar do relógio e decidiu colocar as últimas fichas nos 15 minutos finais. Primeiro foi Gudelj quem obrigou Casillas a esticar-se todo para evitar o golo e logo a seguir Bas Dost ficou perto de bater o guardião espanhol. O avançado holandês estava sozinho, saltou, mas o remate de cabeça saiu ao lado da baliza do FC Porto. O nulo manteve-se até final, com as duas equipas a dividirem os pontos em Alvalade e deixarem tudo na mesma na tabela classificativa. Momento do jogo: As defesa de Renan e Casillas na segunda metade do jogo explicam o porquê do marcador ter ficado inalteraldo ao longo da partida.

Nota ainda para o final do ciclo vitorioso do FC Porto. Os dragões acumulavam um saldo de 18 vitórias consecutivas que tinha começado após a derrota na Luz, em Lisboa. Um recorde que acabou onde começou: na capital portuguesa.

Acompanhamento da partida:

90+5′ – Final da partida em Alvalade. As duas equipas dividem pontos. O FC Porto interrompe o registo vitorioso. O Leão perde oportunidade de se aproximar da liderança.

90+5′ – Fernando Andrade vê cartão amarelo.

90+3′ – Jogo partido com as duas equipas a procurarem o golo!! Que frenética está a partida em Alvalade.

90′ – Vão jogar-se mais cinco minutos de compensação

90′ – Substituição no Sporting: Sai no Wendel e entra Petrovic.

89′ – Wendel está lesionado e Petrovic vai ter de ir a jogo.

89′ – Marega vê cartão amarelo por entrada sobre Jefferson.

88′ – Óliver, descaído para a esquerda, remata… para fora.

87′ – Raphinha, entrado há instantes, recebe cartão amarelo por entrada dura sobre Óliver Torres.

86′ – Marega cabeceia no seguimento de um cruzamento da esquerda, de Alex Telles, mas sem a direção da baliza.

85′ – Cartão amarelo para Coates.

83′ – Substituição no FC Porto: Sai Danilo Pereira para a entra de Hernâni. Internacional português estava em dificuldades físicas há alguns minutos.

81′ – Substituição no Sporting: Sai Diaby e entra Raphinha

Nota: Alvalade regista boa casa. Nas bancadas estão 45 174 adeptos das duas equipas.

80′ – Coates alívia livre marcado por Alex Telles na direita.

79′ – Livre perigoso para o FC Porto a penalizar falta de Nani sobre Corona. Está vivo o jogo em Alvalade

78′ – Que perdida de Bas Dost. Cruzamento da direita e o holandês falha o cabeceamento… para a baliza!

77′ – Que tiro de Gudelj… Casillas responde com defesa tremenda ao remate do sérvio.

75′ – Substituição no FC Porto: Sai Soares e entra Fernando Andrade.

73′ – Fernando Andrade, reforço de inverno, vai entrar na partida.

71′ – Danilo lesionado após lance dividido no meio-campo defensivo com Mathieu.

69′ – Militão… que corte!!!! E que perigo. Lançamento na esquerda, Nani cruza para a área e o jovem central corta no momento certo, tirando a bola a Bas Dost que surgia para finalizar.

67′ – Que perdida do FC Porto. Brahimi remata ao lado depois de um contra-ataque rápido. O argelino tinha mais opções, até porque a sua equipa estava em superioridade numérica.

65′ – Alex Telles cruza de livre e o cabeceamento na centro da área vai por cima da baliza de Renan.

Volta a jogar-se mais sobre o meio campo.

62′ – Que remate de Bruno Fernandes!!! Que defesa de Casillas!! Está a cheirar a golo em Alvalade.

60′ – Novamente Perigo na área do Sporting. Marega, no interior da área, flete para o meio e dispara cruzado por cima da baliza de Renan.

59′ – O Sporting está melhor na partida, tendo a iniciativa de jogo e obrigando o FC Porto a jogar mais recuado.

56′ – Que perigo para a baliza de Renan Ribeiro. Soares remate na centro da grande área e obriga o guardião leonino a uma defesa de recurso. Que PERIGO!

55′ – O FC Porto está agora mais pressionante, mas os leões têm conseguido afastar bem o perigo.

52′ – Que contra-ataque do Sporting. Bruno Fernandes lançou Diaby na frente de ataque, com o maliano a não ter confiança para ir para a baliza. Mas bom lance dos leões.

50′ – O Sporting voltou a entrar melhor na partida, dando seguimento ao final do primeiro tempo. O FC Porto tenta reagir e Óliver Torres já está a pegar mais atrás na bola para organizar a manobra ofensiva da sua equipa.

47′ – Substituição no Sporting: Sai Bruno Gaspar lesionado e entra Ristovski.

46′ – Recomeça a partida entre Sporting e FC Porto. Bruno Gaspar lesionado!

45′ – Ristovski está em exercícios de aquecimento e Marcel Keizer poderá estar inclinado a mexer para o início do segundo tempo.

45+1′ – INTERVALO! Chegam aos fim os primeiros 45 minutos de jogo. O resultado… está como no apito inicial. Os dois guarda-redes tem sido espectadores, com as duas equipas a respeitarem-se muito, criando poucas oportunidades de jogo.

45′ – Hugo Miguel dá um minuto de compensação.

45′ – Bas Dost remata para defesa de Iker Casillas após boa iniciativa na direita de Jefferson.

43′ – Substituição no FC Porto: Óliver entra para o lugar do lesionado Maxi Pereira.

42′ – Maxi Pereira está lesionado e poderá ser substituído por Óliver. Corona deve recuar para defesa direito.

41′ – Sérgio Conceição envia três jogadores para aquecimento, Pepe incluído.

39′ – Felipe vê cartão amarelo por entrada dura sobre Bas Dost. Hugo Miguel está bastante ativo na partida.

36′ – Bas Dost responde a um cruzamento da esquerda e causa perigo para a baliza de Renan Ribeiro. Os leões estão melhor na partida.

34′ – Bruno Fernandes vê cartão amarelo por entrada dura sobre Corona.

33′ – Que perigo. Jogada de ataque rápido dos leões com Nani a responder de primeira a um cruzamento de Bruno Gaspar. Felipe afastou o perigo da baliza de Casillas.

32′ – Jefferson atrasou uma bola complicada e obrigou Renan Ribeiro a aliviar sob pressão.

31′ – O marcador ainda não mexeu e o jogo tem tido poucas razões de suspense. Há pouco, o FC Porto, após iniciativa pela direita, criou um lance de perigo para Renan, mas a bola foi afastada por Gudelj.

26′ – Fora de jogo tirado a Coates no seguimento de um livre perigoso para a baliza de Iker Casillas. Os dois guarda-redes têm sido autênticos espectadores.

23′ – O jogo baixou um pouco de intensidade e as duas equipas disputam agora uma batalha no meio-campo. Bruno Fernandes tem sido uma das unidades mais ativas nos leões e no FC Porto tem sido Brahimi a evidenciar-se mais.

21′ – O Sporting, nestes instantes, tem tido mais iniciativa de jogo, mas o FC Porto está defensivamente muito pressionante e sair rápido para o ataque.

19′ – Iniciativa atacante de Nani pela ala esquerda, numa tentativa de saída rápida para contra-ataque.

17′ – Segundo cartão amarelo da partida. Jefferson fez falta sobre Corona e recebeu ‘cartolina’ de Hugo Miguel.

16′- O Sporting está mais forte nestes instantes e vai-se aproximando da baliza de Casillas. A defensiva azul e branca tem afastado todas as iniciativas dos leões.

Fogo deflagrou na bancada da claque do Sporting

13′ – Mathieu cobra livre em zona frontal, mas a bola vai à barreira. Canto para os leões.

11′ – Herrera viu o primeiro cartão amarelo da partida.

11′ – Bruno Fernandes sofre falta de Herrera à entrada da área. Cuidado com o pé esquerdo de Mathieu.

8′ – O FC Porto está a ter maior iniciativa de jogo, com os leões a terem alguma dificuldade em sair para o ataque. A linha defensiva portista está bastante subida no terreno de jogo.

Nota: Com as bancadas repletas de adeptos, o clima em Alvalade está ao rubro, com os apoiantes das duas equipas a incentivarem os seus jogadores.

5′ – O FC Porto está a subir de rendimento e conquistou há instantes o primeiro pontapé de canto da partida.

3′ – O Sporting começou por ter mais iniciativa de jogo, mas o FC Porto já conseguiu ‘assentar’.

1′ – Começa a partida em Alvalade. Sai a jogar o FC Porto

0′ – Está prestes a começar o Clássico.

0′ – Onze do Sporting: Renan, Bruno Gaspar, Coates, Mathieu, Jefferson, Gudelj, Wendel, Bruno Fernandes, Nani, Bas Dost, Diaby.

0′ – Onze do FC Porto: Casillas; Maxi, Militão, Felipe, Alex Telles, Danilo, Corona, Herrera, Brahimi, Soares, Marega.

0′- O FC Porto também já está a caminho do balneário. Está quase a começar este Clássico e as bancadas, agora sim, parecem estar quase totalmente compostas.

0′- A equipa do Sporting já recolheu ao balneário. A tarde é de muito frio, mas o ambiente em Alvalade começa a aquecer! Só pelo que se vive nas bancadas, este Clássico já começa a ganhar antes do apito inicial!

View image on Twitter

Deixe uma resposta