Mundo

Foram 24 horas de reunião para acordo germânico que cabe em 28 páginas

Os conservadores alemães liderados por Angela Merkel e os social-democratas de Martin Schulz alcançaram um acordo de princípio para a formação do novo governo alemão e que tem como base um documento de 28 páginas.

A legisladora democrata-cristã Julia Kloeckner que participou nas negociações já difundiu uma fotografia da capa do documento através da rede social Twitter.

“Muitas e muitas horas de trabalho, debates sérios e muitos cenários estão contidos nestas 28 páginas”, refere a mensagem de Kloeckner que acompanha a fotografia.

As negociações terminaram hoje de manhã e prolongaram-se durante mais de 24 horas.

Dorothee Baer, da União Social Democrata da Baviera, também difundiu hoje de manhã através das redes sociais uma fotografia da capa do dossier com a legenda: “ainda está quente”.

Neste momento o que se sabe é que foi alcançado um “acordo de princípio” entre social-democratas e democratas cristãos no sentido da formação de um governo de coligação.

Os termos do acordo vão ser ainda submetidos aos órgãos dirigentes dos respetivos partidos sendo que é esperada alguma resistência por parte dos dirigentes do SPD (social-democratas).

Se o acordo falhar, Merkel terá de formar um governo minoritário e submeter-se à realização de novas eleições gerais.

[Lusa]

Deixe uma resposta