Economia

Dívida pública cai 3,9 mil milhões de euros em outubro

A dívida pública líquida de depósitos das administrações públicas aumentou 1,1 mil milhões de euros, revelou hoje o Banco de Portugal.

A dívida pública desceu 3,9 mil milhões em outubro, face ao mês anterior, situando-se em 245,3 mil milhões de euros. Segundo dados divulgados hoje pelo Banco de Portugal, esta variação reflete sobretudo as amortizações líquidas de títulos e a diminuição de empréstimos, sobretudo devido ao reembolso antecipado ao Fundo Monetário Internacional (FMI).

Segundo um comunicado do banco central, as amortizações líquidas de títulos ascenderam a 3,5 mil milhões de euros e empréstimos recuaram 900 milhões de euros, “essencialmente por via do reembolso antecipado de empréstimos ao Fundo Monetário Internacional”, no valor de mil milhões de euros. Em sentido contrário, houve um aumento de Certificados do Tesouro, no valor 600 milhões.

Os ativos em depósitos das administrações públicas diminuíram cinco mil milhões de euros. “A dívida pública líquida de depósitos das administrações públicas registou, assim, um aumento de 1,1 mil milhões de euros em relação a setembro, totalizando 222,7 mil milhões de euros”, refere o BdP.

[jornaleconomico.sapo.pt, João Madeira]

Deixe uma resposta